26 de fev de 2011

Les Pops, Cowboy Junkies

Les Pops - Quero Ser Cool

Muitas vezes, uma música se torna bacana só por ser capaz de juntar referências externas bem espertas - nada mais que um recurso de identificação mais fácil pra captar o ouvinte. Quero Ser Cool, primeiro disco dos cariocas do Les Pops, segue fielmente essa cartilha, especialmente nas boas e irônicas "Aluguel em Abbey Road" e "Quero Ser Cool" (cujo erro na pronúncia de Bukowski amplia o efeito humorístico da narrativa do personagem que busca se tornar um intelectual). A idéia desse "fetiche de citações", entretanto, incomoda um bocado em "E La Nave Va". Ainda há espaço pra uma dupla de boas canções de amor, "Esmalte" e "Salto Agulha". O ponto baixo do álbum, porém, fica na equivocada regravação de "Camisa Listrada" (Noel Rosa).


Cowboy Junkies - Demons

Em seu décimo quarto álbum de estúdio, o Cowboy Junkies não sai fora do combinado. Para a banda dos irmãos Timmins (Margo, no vocal; Michael, na guitarra; e Peter na bateria; além do baixista Alan Anton) isso significa investir em baladas fortes, por vezes ligadas à linhagem do folk rock de Neil Young e Bruce Springsteen, por vezes assemelhadas à veia soturna do Velvet Underground. Aqui, os destaques do disco ficam por conta de "Flirted With You All My Life" e "Supernatural". O bom, por muitas vezes, é simples.

Nenhum comentário:

Postar um comentário