12 de dez de 2012

Feira (ou Festa) do Livro da USP

"Quem precisa de Black Friday quando se tem a Feira do Livro da USP" (BINA, André. 2012)
Um dos momentos mais aguardados do ano por um uspiano (e boa parte da cidade de São Paulo) finalmente chegou! Desde hoje cedo - e até sexta-feira, das 9 às 21 horas, a USP sedia sua Feira (ou Festa) do Livro, na qual muitas editoras do Brasil vendem seus livros com, no mínimo, 50% de desconto. 

Se até 2010 a Feira foi organizada no prédio da História, e, em 2011, quase deixou de acontecer por razões técnicas (leia-se: pela greve dos estudantes que aconteceu no final daquele ano), em 2012 ela consolida-se em sua segunda edição na Escola Politécnica. Companhia das Letras, Globo, Record, Edusp, L&PM, Editora 34, Panda Books, Global e muitas outras se reúnem em três prédios da sede dos engenheiros da Universidade - veja o mapa (e a lista completa das editoras) aqui do lado!

Se você não é de São Paulo ou nunca foi até a USP, muita calma nessa hora! Para quem vai de transporte público, o jeito mais fácil de chegar na Feira é indo de metrô até o Butantã, e no terminal de ônibus anexo à estação, pegar o ônibus circular (8012-10) que vai até a Universidade.

Para se adiantar e evitar filas, vale a pena chegar cedo na Feira. Além disso, nas editoras maiores, é legal ir com o que você quer comprar na cabeça. A Companhia das Letras e a Cosac Naify, por exemplo, disponibilizaram um catálogo com tudo que levaram. 

Da minha parte, só posso dizer que o saldo geral do dia (da foto que abre o post) conta com uma conta bancária em ruínas, ombros e braços pedindo arrego de tanto carregar livros e uma porrada de coisas legais para ler. Entre as dicas, vale dar uma fuçada na Conrad (que tem livros bem bacanas sobre música), na Globo (que anda publicando boas bios de rockstars, como a do Keith Richards e a do Neil Young), na L&PM (casa dos últimos tostões do bolso) e na Editora 34 (outra boa parada para quem se dedica a estudar MPB). 

Esse foi o saldo de 2011. (Não, eu não li todos. A ideia é ~guardar para a posteridade~)

Nenhum comentário:

Postar um comentário