15 de dez de 2012

Os 100 Melhores Discos Brasileiros segundo a Sinewave

No último mês de novembro, tive a honra de participar da votação dos 100 melhores discos brasileiros de todos os tempos da comunidade da Sinewave do Facebook. A Sinewave, para quem nunca ouviu falar, é um netlabel (trocando em miúdos: uma gravadora virtual) tocada em frente pelo grande Elson Barbosa - para saber mais sobre o projeto, vale ler uma entrevista que eu e o Bruno Federowski fizemos com o cara para um trabalho de 2011 da faculdade.
 
Pois bem: além de eleger meus 20 discos favoritos já feitos em Pindorama, fui convidado pelo Elson para escrever sobre um dos 30 primeiros colocados da lista - Acabou Chorare, dos Novos Baianos.
 
Lançado em 1972 pela Som Livre, "Acabou Chorare" foi concebido dentro de um apartamento hippie no bairro de Botafogo, juntando sem indigestão samba, Hendrix, João Gilberto, choro e rock'n roll. O resultado foi um álbum suculento, que soa brasileiro e moderno como os tropicalistas um dia sonharam. Segundo disco dos Novos Baianos, “Chorare” eternizou canções como “Preta Pretinha” e “Besta é Tu”, revelou para o país a figura de Moraes Moreira, o canto de Baby do Brasil e a guitarra de Pepeu Gomes, além de ter pavimentado o caminho para que outros baianos (ou não) pudessem curtir numa boa.
 
Quer saber em que posição ficou o Acabou Chorare? E quem ficou no top 10 dessa lista? É só seguir o link abaixo!



Nenhum comentário:

Postar um comentário