1 de fev de 2013

Touchdown!

Uma das mais disputadas competições esportivas atualmente, o campeonato estadunidense de futebol americano chega ao final de mais uma temporada nesse final de semana, com a realização do Super Bowl no domingo (3). Muito mais do que uma simples partida, entretanto, o evento é um dos maiores espetáculos da Terra, com direito ao horário de propaganda mais caro da televisão mundial e um grande show em seu intervalo - a estrela da vez é Beyoncé (com direito a reunião das Destiny's Child), ocupando um cargo que já foi de astros como Michael Jackson, The Who, Paul McCartney e Bruce Springsteen. 

Colin Kaepernick, a grande surpresa de 2012 na NFL
Cheio de ingredientes especiais, o grande jogo do domingo, disputado em New Orleans, opõe os Baltimore Ravens (campeões da conferência americana) e os San Francisco 49ers (vencedores da conferência nacional). Entre os destaques, vale dizer que os Ravens têm uma das melhores defesas da liga (com a presença do veteraníssimo Ray Lewis, em seu último jogo da vida), enquanto os 49ers vêm surpreendendo seus adversários nos últimos confrontos com um time de ataque bastante entusiasmado, liderado pelo novato quarterback Colin Kaepernick, que, além de dar grandes passes para seus colegas, também se dá bem correndo com a bola - deixando a defesa adversária sem pai nem mãe. 

Outro drama do embate de domingo é o confronto entre os irmãos Harbaugh, técnicos de ambos os times: enquanto John comanda os Ravens (nome inspirado por um poema de Edgar Allan Poe); o caçula Jim é o responsável pelos 49ers (uma menção ao ano de 1849, que marca o início da mineração de ouro na Califórnia). Ao menos uma pessoa vai ficar feliz no fim do domingo: a mãe dos dois, é claro (tudum-tss).

Para mim, além de ver um grande jogo (o futebol americano é uma das minhas grandes paixões, e o New Orleans Saints um time tão importante quanto o próprio Santos, para quem torço por aqui), o Super Bowl é o dia de reunir amigos, sentar em frente à TV e comer e beber muito, em clima de final de Copa do Mundo (ou de reencontro e conversa fiada). Para quem se entusiasmar, vale a pena conferir a boa transmissão in loco da ESPN Brasil, que começa às 21h (horário de Brasília) - e para quem não manja nada do jogo, vale conferir o leia mais a seguir para entender as regras do futebol americano, um jogo que é muito mais que só pancadaria

Nenhum comentário:

Postar um comentário